Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

PAIXÃO PELO OURO

 

 

 OBJECTO DE DESEJO

 

 

 

 

A Maison Grès fez história. Pelo glamour, pela elegância, pelo chique da sua Alta Costura.

 

Os Parfums Grès fazem história, parecendo conciliar a “allure” da Haute Couture da Maison com a modernidade e jovialidade que o século XXI exigem.

 

Inspirado em Cabotine  - lançado em 1990, com a assinatura do perfumista Jean-Claude Delville- , surge, agora,  Cabotine Gold, um “floral oriental”, em edição limitada que aposta no luxo, na sedução, na paixão que ouro pode suscitar.

Mais do que um perfume Cabotine Gold transforma-se num “objecto de desejo”,  que concede status a quem o usa.

 

Cabotine Gold é, sem dúvida,  uma fragrância sensual, envolvente, sofisticada e luxuosa, como os drapeados com que Madame Grès envolvia as silhuetas femininas nos Anos Trinta.

 

Criada por Vincent Schaller, tem uma pirâmide olfactiva simples que joga na musicalidade dos aromas que lhe dão vida.

 

Nas notas de saída a frescura da mandarina, do melão e da pimenta rosa. No  coração, um bouquet de flores brancas e ensolaradas em que a flor de tiaré e o jasmim enaltecem a feminilidade. Uma pitada de vétiver de Bourbon , âmbar e patchouli  dão densidade e sensualidadse ao aroma.

 

 .

 

O frasco surge povoado de arabescos e de contraste cromáticos: ouro e vermelho