Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

UMA CHÁVENA DE CHÁ

 

FAZ MILAGRES!

 

 

 

O temporal não brinca para estas bandas. O frio impera, a neve cai e o vento não dá tréguas. Sair à rua? É melhor não!

Esta "reclusão defensiva" convida a uma chávena de chá - verde - bem quente, à leitura de um livro, a escrever.

 

O chá verde produz-se, em grandes quantidades, no Japão, China e Vietnam e as suas propriedades - antioxidantes - são reconhecidas, pelo que é utilizado em alguns produtos cosméticos.

Também o mundo das fragrâncias o tem utilizado nalgumas pirâmides olfactivas: Bulgari. Elisabeth Arden  e Roger & Gallet são exemplos de sucesso. 

 

É evidente que também o "chá branco" e o chá vermelho", inspiram os perfumistas...

 

Mas foi com um chá verde que tentei "aquecer" neste dia de Inverno que convida ao recolhimento e lareira.

Sim, a foto foi tirada em Castanheira de Pêra... Lindo ...mas muito frio!

 

BOM FIM DE SEMANA!

 

Bom fim de semana!

 

A saber:

 

"O consumo de chá verde favorece a “redistribuição” da gordura corporal, diminuindo aquela que se concentra na barriga - tecido adiposo visceral -, que é mais prejudicial para a saúde do que a gordura que se acumula por debaixo da pele, sobretudo nas coxas e nádegas - tecido adiposo subcutâneo.

A conclusão é de uma equipa de investigação da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) que tem vindo a estudar os efeitos de vários componentes alimentares na gordura corporal. “Este trabalho teve como objectivo esclarecer os mecanismos de acção do chá verde no tecido adiposo”, explica Rosário Monteiro, investigadora do Serviço de Bioquímica da FMUP", afirma-se no "Ciência Hoje"