Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

QR11 - Sem rugas desde sempre.

Em todos os congressos, workshops, aulas, palestras… há uma questão que surge invariavelmente e que me é colocada pelas jovens adultas, colegas ou amigas: a partir de que idade posso começar a usar um anti-rugas?

Pois bem, sempre que pensamos numa acção anti-rugas específica, temos um alvo particular: os fibroblastos. Estas células da nossa derme são as produtoras das fibras de colagénio, elastina e ácido hialurónico na pele. São elas que garantem ao longo da nossa vida, a firmeza, a elasticidade e o preenchimento da pele.

Para garantirmos a acção anti-rugas na pele podemos actuar nos fibroblastos em 3 níveis crescentes:

 

1-Assegurando-lhes energia para que funcionem bem;

2-Estimulando-os a produzirem as referidas fbras e glucosaminoglicanos;

3-Actuando nos miofilamentos de actina e miosina que os constituem em cerca de 15%, provocando a sua descrispação.

 

Numa faixa etária mais jovem, a primeira acção é a fundamental. E se for precedida de uma limpeza rigorosa e diária, pode ser suficiente por muito e bons anos.

Sendo assim, amigas dos 20 aos 30, podem utilizar cremes ou fluidos diários que contenham extractos energizantes: do goji, dos citrinos, dos frutos vermelhos como a romã, os mirtilos... bem como péptidos (sequências de aminoácidos) com alvo nas mitocôndrias dos fibroblastos: «pilhas» com capacidade para produzir, armazenar e distribuir a energia necessária à célula. Habitualmente estes péptidos garantem que uma enzima em específico, a aconitase, exerça a sua função na produção de energia neste organelos (ATP – adenosina trifosfato) bem como, garantem uma preservação do ADN mitocondrial, que é mais frágil que o restante existente na célula.

 

Posto isto, minhas amigas, comecem desde já a preservar a vossa beleza e evitem que as rugas se instalem precocemente no vosso rosto e pescoço.

Espero ter ajudado!