Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

APONTAMENTOS DE UMA EXPOSIÇÃO (2)

 

 

 

A ARTE AO SERVIÇO DA BELEZA

 

 

 

A Arte e a Perfumaria tiveram uma ligação estreita ao longo dos séculos XIX e XX. As etiquetas para os frascos, as cartonagens, as imagens publicitárias sofreram, frequentemente, a influência de movimentos artisticos.

O recurso a nomes famosos das artes plásticos para embelezar os frascos de perfumes e fazer a sua divulgação, foi um recurso frequente ao longo da história da perfumaria moderna.

 

É exemplo disso a colaboração de Mucha com a Maison Roger & Gallet. O resultado é fabuloso.

 

Alfons Mucha (1860-1935) nasce em Moravia ( actual Républica Checa) e desde muito cedo começa a manifestar a sua paixão pela pintura.

Em 1887 ruma a Paris onde deseja aperfeuiçoar a sua técnica de desenho, pintura e ilustração. É em Paris que toma contacto com o novo movimento estético  - Art Nouveau - e que cria obras de rara beleza. Cria imagens publicitárias para teatro, champanhes, cosméticos e fragrâncias.

 

 .

O seu estilo "Art Nouveau" mostra-nas mulheres muito belas, vestidas com trajes neoclássicos, rodeadas por flores simples ou raras. É bem patente a observação atenta da natureza, o culto da mulher, o amor pelo belo e romântismo...

Não admira que a Maison Roger & Gallet o tivesse convidado para criar algumas das suas mais belas publicidades que fazem parte do espólio fabuloso da marca.

 

Aconselho a dar uma "olhada" no site do Museu Mucha e de Roger & Gallet

 

 

 

 

  

 

.