Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

NATUREZA COMO FONTE DE INSPIRAÇÃO

 

 

ARMAND BASI

 

 

Armand Basi é conhecido pela sua ligação à natureza numa perspectiva urbana. Se, nas primeiras fragrâncias essa fonte de inspiração era subtil, as criações mais recentes não deixam lugar à dúvida.

Armand Basi L’Eau Pour Homme surge como uma fragrância fresca, natural contemporânea que evoca o mar Mediterrâneo, as suas ondas e

 murmúrios, a sua frescura e transparência.. a sua calma ou agitação.

 

Criada por Francis Kurkdjian, L’Eau Pour Homme é um aroma fresco especiado com uma pirâmide olfactiva aquática-cromática-amadeirada.

 

Nas notas de saída, apercebemo-nos dos aromas  frescos e luminosos da bergamota e da lavanda colhidos junto ao Mediterrâneo.  No coração da fragrância, as notas especiadas da noz-moscada e do cardamomo, envolvidas pelas folhas de bambu, dão um toque de frescura e tonicidade. Por último, uma pitada patchouli e cipreste azul completam um bouquet original e vibrante.

 

O frasco de L’Eau Pour Homme respira formas puras, lineares. Rectangular e estilizado é dividido , tal como a cartonagem, em duas partes – na parte superior uma franja azul, luminosa e opaca esconde o perfume e deixa ver o logótipo da marca. Na parte inferior, o vidro transparente deixa ver  o azul claro da fragrância. A tampa, como um farol de luz, reforça a elegância e modernidade do design.

 

 

A cartonagem capta (será isso possível???!), a imensidão do mar Mediterrâneo, sereno mas encrespado por uma leve ondulação e antecipa a sensação de frescura e bem-estar que o aroma transmite.