Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

UM PASSEIO POR GRANADA COM ROGER & GALLET

 

 

 

 

Confesso que sou uma apaixonada pelas fragrâncias Roger & Gallet. Frescas, leves e românticas,  evoluem subtilmente na minha pele, acordam as minhas memórias de infância e posso escolhê-las consoante as suas propriedades aromacológicas – relaxantes, tonificantes, energizantes, estimulantes, refrescantes.

 

A minha última descoberta foi  a Eau Bois d’Orange, uma criação olfactiva rica em óleos essenciais com propriedades tonificantes. No primeiro contacto com a fragrância senti-me transportar até aos jardins  de Alhambra,  em Granada, onde proliferam as laranjeiras ora plenas de flores ou de frutos sumarentos.

 

Com efeito, Bois d’Orange capta a frescura e suavidade da folha da laranjeira e da laranja, a suavidade da sua flor, a sensualidade do amadeirado de laranjeira. Mas não só.

 

As notas de saída apostam nos aromas da tangerina, manjericão e verbena. No coração da fragrância

destaca-se a flor de laranjeira;  para notas de fundo foram eleitos o âmbar, a madeira de jacarandá e o cedro do Atlas.

 

O frasco segue a tradição Rogger & Gallet: sóbrio, linear, com o selo da marca  inscrito em cor solar, evocativa dos ingredientes usados na formulação da fragrância.

 

A  cartonagem copia a cor da madeira e nela se destaca o nome da marca que há mais de um século preencheu as  viagens olfactivas de inúmeras gerações.

 

O prazer de usufruir desta fragrância pode ser maximizado com a linha de banho composta por gel de banho, sabonetes - quem nunca comprou ou recebeu uma caixa?!!! -, creme hidratante e leite hidratante. Uma verdadeira delícia para os sentidos.

 

Vale a pena experimentar.

 

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.