Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

VILA REAL APOSTA NO CULTIVO DE FLORES PARA PERFUMES

 

 

 

 

O concelho de Vila Real quer produzir flores e exportar para a indústria de perfumaria de Grasse, em França.

 

Para conhecer as potencialidades e os atrativos da localidade transmontana, esteve em Portugal Jean-Pierre Leleux, Senador da região dos Alpes Marítimos e Maire de Grasse..

 

De acordo com o comunicado divulgado pela Câmara Municipal de Vila Real, dessa visita surgiu a ideia de um projeto de cooperação científica que envolverá a instituição francesa (Mairie de Grasse), a Câmara Municipal e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Nesta iniciativa, Vila Real terá a oportunidade de produzir e exportar as flores a partir das quais serão extraídas as essências para as fragrâncias.

 

Vila Real associa-se à indústria de perfumaria não só a nível de produção, mas também a nível de investigação e desenvolvimento, particularmente na procura de novas técnicas de extração de essências através processos químicos.

A tradição do fabrico de perfumes em Grasse remonta já à época medieval.

Hoje em dia, esta região, também conhecida como Capital Mundial do Perfume, continua a produzir ativamente as suas fragrâncias - existem 60 "fábricas" - e procura alargar horizontes.

 

O presidente de Grasse, Jean Pierre Leleux,  referiu que "muitos produtores de flores deixaram o território francês e optaram por instalar os seus campos em outros países, como a Turquia, Marrocos ou Bulgária, aonde os custos de produção são mais reduzidos".

 

FORÇA VILA REAL!

 

 

(fonte:http://www.agenciafinanceira.iol.pt/economia)

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.