Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

DIA MUNDIAL DE PREVENÇÃO CONTRA O MELANOMA

 

 

 Amado e odiado, o sol é essencial à vida. Os raios solares aquecem o corpo e a alma, dizem os psicólogos, pelo que até podem ser uma ajuda preciosa na luta contra a melancolia e depressão.

 

Para desfrutar dos benefícios que o sol pode oferecer – e são muitos! -, é fundamental ter uma atitude de prudência nas exposições solares. Sem esses cuidados e a longo prazo, a pele pode sofrer danos irreparáveis e, muitas vezes, irreversíveis.

 

Não é por acaso que a Organização Mundial de Saúde em Setembro de 2006, emitiu uma série de recomendações relativas a produtos solares, aos índices de protecção e à exposição solar.

 

Ficámos a saber: 

- que nenhum produto pode ser definido como garantindo “protecção total”;

- que todos os produtos devem incluir protecção UVA e UVB, que os consumidores devem ser alertados para os riscos que correm quando se expõem excessivamente aos raios solares;

 - que não devem poupar na quantidade de produto a aplicar já que estarão “a reduzir o grau de protecção implícito no respectivo SPF”.

 

Regras a não esquecer

 

Transformar os momentos de lazer passados na praia, campo, piscina ou simples esplanada, em verdadeiros “oásis de bem estar e remise-en-forme” está ao alcance de todos. O essencial é cumprir algumas “regras” que impeçam que os benefícios dos raios solares virem um pesadelo. O melanoma é o pior de todos!

 

 O que deve saber e fazer:

 

  • Escolher o protector solar em função do tipo de pele. Se tem uma pele sensível aposte nos índices de protecção alta; se tem pele escura a “Protecção Moderada” será suficiente.
  • Aplicar o protector solar cerca de 15 a 20 minutos antes de sair de casa.
  • Evitar as horas de maior calor. Vá para a praia cedo e “esconda-se” entre as 11 e as 16h00. O ideal é abandonar a praia durante essas horas.
  • Fazer uma exposição gradual e progressiva ao sol: 15 minutos no início, seguido de um aumento diário de 15 minutos até atingir os 45 minutos.   
  • Reaplicar o protector solar regularmente. O aconselhável, dizem os especialistas, é reaplicá-lo de duas em duas horas. No entanto, se mergulha, amiúde, no mar ou piscina a reaplicação é obrigatória logo que se estende ao sol.
  • Usar chapéu de abas largas em algodão ou palha para proteger as zonas mais vulneráveis e muitas vezes esquecidas – olhos, nariz, orelhas, lábios.
  • Evitar permanecer ao sol sem se mexer. Para além de correr o risco de adormecer, concentra a exposição solar em zonas muito restritas. Mexa-se, corra, nade, passeie ao longo da praia!
  • Aplicar um autobronzeador não implica pôr de parte o protector solar. Na verdade, os autobronzeadores limitam-se a dar um tom dourado à pele e não a protegem da nocividade dos raios solares.
  • Tenha atenção aos dias enevoados. Os raios solares...estão presentes.

O meu conselho: PROTEJA-SE! SEMPRE!

 

Fotos Luis Figueiredo, Lagoa de Óbidos

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.