Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

ELE DISSE...

 

 

François Demachy jardim.jpg'O perfume está criado quando provoca inveja e desejo"

 

Quem o diz é François Demachy, um dos maiores perfumistas da actualidade.

 

Como perfumista da Maison Christian Dior  - LVMH - assina algumas das suas mais emblemáticas fragrâncias .

 

Tal como Christian Dior, criador do New Look, Demachy tem como fonte de inspiração inesgotável as mulheres, as flores...as viagens.

 

Não preciso de ir a um local especíal para me sentir inspirado.

Na verdade, o trabalho de um perfumista é traduzir em odores todos os estímulos da vida diária...", diz.

 

Assim dito...até parece simples... 

O certo é que o processo criativo de uma fragrância pode levar mais de um ano.

 

 

 

 

Dior Diary.jpgAs minhas fragrâncias preferidas pelo aroma, pela "história" subjacente, pela comunicação são:

 

- J'Adore L'Absolu (2007)

Dior J'adore L' Absolu.jpg

- Escale a Portofino (2008);

Dior escale a Portofino.jpg

 

 - Miss Dior  Le Parfum  (2011)

Dior Miss Dior Le parfum.jpg

- La Colletion Couturier (2010),

 

Dior La Collection Parfumeur.jpg

 

 

Se deseja saber algo mais sobre Demachy ...

 

 

BOM DOMINGO.

DESCANSE.

PROCURE A FELICIDADE NAS COISAS SIMPLES

.

FEIRA DAS CASTANHAS E DO MEL

 

 

Castanheira geral.jpgCastanheira de Pêra é um dos concelhos mais endividados e desertificados do distrito de Leiria.

Longe vão os tempos em que as fábricas animavam a economia ao ponto de ser considerado o terceiro centro de lanifícios do país.

Praia das Rocas.jpgHoje, Castanheira de Pêra vai tentando resistir à crise com algumas iniciativas e projectos sazonais.

 

A Praia das Rocas - piscina gigante com ondas artificiais - tem tido sucesso animando a vila durante a época estival.

Devo dizer que ainda me espanto quando vejo as ruas com turistas em  biquinis ou fatos de banho... as lojas oferecendo bóias, toalhas, chapéus e outros artigos de praia.

Castanheira de Pêra p fluvial.jpgA fazer-lhe concorrência directa, a praia fluvial do Poço Corga, insere-se no leito da Ribeira da Pêra.

É um lugar muito simpático para passar um dia de verão saboreando as sombras do arvoredo ou mergulhando nas águas correntes da ribeira.

 

Apetece ficar por ali, mesmo no Outono ou Inverno, sentindo o murmurio das águas e ouvindo o silêncio, quebrado de quando em quando, pelos sinos da igreja da Nossa Senhora da Guia.

Coentral.jpgO fim de semana passado, anunciador do São Martinho, fez-me visitar um dos locais mais belos e "bairristas" do concelho - Coentral.

 

Feira Rua Coentral 2015.gifAli se realizou a IX Feira de rua das Castanhas, do Mel e do Artesanato, promovida pela União de Freguesias de Castanheira de Pera e Coentral

O programa era vasto e foi cumprido cabalmente.Castanhas feira.jpg

 

 

Uma exposição de fotografia, o lançamento de um  livro de poesia, venda de artesanato local e, evidentemente, muitas castanhas e mel da região.  

neveiros do Coentral.jpgMúsica e danças regionais fizeram-me voltar à minha juventude.

Os ranchos Folclórico Neveiros do Coentral,  Os Serranos da Cercicaper e da Sapateira animaram as tardes enquanto a noite fria foi aquecida com a actuação da Associação dos Antigos Alunos do Liceu de Beja.

 

Devo dizer que os ranchos folclóricos recriam com muito êxito e precisão as danças e cantares da região.

Mas não só. O traje é rigoroso.

 

Infelizmente não tive a oportunidade de conhecer o duo de concertinas Os Alegres de Castanheira que me disseram ser muito bom.

 

Uma novidade gastronómica - foram apresentados os bolos de castanha e mel . "Neveiros"

Deliciosos posso dizer.

 

Se ficar curioso/curiosa ou gostar de danças regionais...

 

 

 ...e para apreciar os trajes regionais...e bairrismo

 

 

 

 BOM FIM DE SEMANA

 

Imagens: CMCP- Neveiros do Coentral e João Mota (video)

 

 

 

 

 

 

COMBATER A FLACIDEZ DE "DENTRO PARA FORA"

 

 

Edouard-Manet-Woman-Before-a-Mirror-S (1).JPGPorque razão a mulher é "atormentada" com a flacidez?

Como contrariar o fenómeno?

 

Duas questões que me foram colocadas com alguma insistência nos últimos tempos.

 

Existem  múltiplas causas:

- Falta de exercício físico

- Alimentação desequilibrada

- Alterações hormonais

- Processo natural de envelhecimento .

 

É importante saber que as mais recentes investigações científicas anti-idade  evidenciaram o papel importante do processo de inflamm’aging, ou inflamação crónica, no envelhecimento prematuro.

À medida que os anos passam, os nutrienteessenciais às defesas naturais da pele são menos bem assimilados. Menos protegidas face às várias pressões oxidativas a que são sujeitas (UV, poluição, tabaco,etc.), as estruturas essenciais da pele, como o colagénio e a elastina, degradam-se, a pele perde o seu brilho e firmeza, e as rugas aparecem, diz Maria da Luz Castro da Thalgo.

 

Digo eu, baseada em estudos levados a cabo por cientistas,  que a partir do 20 anos se começa a perder, anualmente, um por cento do colagénio.

Se fizermos um pequeno cálculo... a perspectiva futura não é famosa.

 

É fundamental para combater a "lei da gravidade" que, mais cedo ou mais tarde, faz parte da vida de todas as mulheres:
 
1.  Fazer uma alimentação rica em fibras, minerais e proteínas.
2.  Fazer exercício físico.
3.  Fazer massagens localizadas com produtos específicos.
4. Tomar, regularmente, suplementos nutricionais credenciados. Combatem do interior para o  exterior as causas da flacidez.
 
Thalgo Collagen 5000.jpgThalgo  Collagène 5000 é uma solução correctiva antirrugas global que integra, pela primeira vez em nutrição, os últimos desenvolvimentos científicos anti-idade.
A sua fórmula exclusiva concentra 5000 mg de hidrolisado de colagénio marinho altamente assimilável, cuja eficácia na redução das rugas foi clinicamente testada
O complexo AGE’ PROTECT, que associa vitamina C e selénio, que contribuem para a proteção das células contra as oxidações indesejáveis.
 
A saber:
 
A eficácia do colagénio marinho PeptanTM foi testada clinicamente na redução das rugas.

Estes estudos evidenciaram, nomeadamente, a capacidade do colagénio para:

  • Alisar a pele reduzindo o número de rugas,
  • Prevenir a formação de rugas profundas,
  • Melhorar a suavidade e hidratação da pele.
 
Como utilizei? Simples!
 
1 monodose por dia, de manhã antes do pequeno almoço.
Pode consumir -se pura ou diluída num copo de água .Eu consumi diluída. O sabor é agradável.
(Embalagem com 10 monodoses de 25 ml)
 
A minha opinião: ... consegui anular visivelmente os problemas que o sedentarismo forçado me trouxe.
Vou repetir!
 

 

Imagens: Edouard MANET, "Woman Before a Mirroir" ; Thalgo, arquivo

 

 
 

MÚSICAS QUE ME ACOMPANHARAM E QUEBRARAM A SOLIDÃO E ALGUMA TRISTEZA

 

 

 

almada_negreiros_desenho.JPG"Não deram resultado todas as esperanças que tinha posto no dia de hoje. Mas amanhã muito cedinho se Deus quiser todas as esperanças começam outra vez à procura da minha  vez..."

 

Ontem dei por mim a reflectir nesta frase de Almada Negreiros.

Mas não só.

Dei por mim a recordar as músicas que me acompanharam ao longo dos últimos meses.

Tinham um denominador comum - combater o stress e proporcionar um pouco de harmonia e bem-estar em momentos nem sempre fáceis.

Ouvi-las foi um balsamo apaziguador.

 

Confesso ter ouvido géneros musicais que não faziam, a priori, muito o meu estilo.

Todos me fizeram bem, me fizeram "voar", sonhar...viver em harmonia, quebrar a solidão das longas horas, dos eternos segundos, das noites mal dormidas.

 

Deixo alguns exemplos - poucos -  que me fizeram sorrir, meditar,  chorar...lavar a alma.

Uma partilha. Simples.

Feita, por certo, de "coração a coração"

 

Carlos 17.png

 

CUIDE DE SI.

GOSTE DE SI.

LEMBRE-SE QUE, POR VEZES, É PRECISO PARAR...ANTES QUE OS OBSTÁCULOS NOS OBRIGUEM

 

SEJA FELIZ... É UM DIREITO PELO QUAL DEVE LUTAR

Um abraço

 

 

 

Vivaldi...

Carl Off

 

António Zambujo

 

Kitaro

 

Ana Moura

Antonio Variações

 

Adriano Correia de Oliveira

 

BEETHOVEN...

 

... E TANTAS OUTRAS!

 

OBRIGADO!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ANA BY HERSELF - O REGRESSO DE ANA SALAZAR

 

 

Ana Salazar 1.jpgConheço a Ana Salazar muito antes de se ter “aventurado” ( e foi uma verdadeira aventura!) no mundo da Moda.

O seu estilo …não fazia o meu estilo.

Sempre estive mais perto de Yves Saint Laurent ou Armani…

 

Devo dizer, no entanto, que admirava - e admiro - o seu trabalho, o seu vanguardismo, a sua força e criatividade.

Ana Salazar é um caso único da Moda em Portugal.

Foi, sem dúvida, uma pioneira.

ana-marca.jpgNão será por acaso que a sua obra está a ser alvo de uma tese de doutoramento no âmbito da semiótica da Moda.

 

Ana Salazar volta a ser notícia nos media.

Por dois motivos. Perdeu o direito ao seu nome enquanto marca e acaba de apresentar uma colecção-cápsula - Back to the future - de edição limitada que assina Ana by Herself.

Back to the future recupera as cores, alguns detalhes - fechos, muitos fechos - e as silhuetas que a distinguiram ao longo de 30 anos.

As jóias de Valentim Quaresma acompanham a colecção com a sua conhecida exuberância  e excentricidade.

BOM REGRESSO ANA!

O FUTURO...É HOJE

Ana Salazar 4.jpgAna Salazar desfile regresso ao futuro.jpgAna salazar 3 modeelo.jpg

Ana Salazar Vogue Quaresma.jpg

 

ana-salazar2011.jpgUm pouco de história...

- Em 1972,  Ana Salazar abriu a loja Maçã,  com roupa importada de Londres.

- Em 1978, cria a marca Harlow .

- Em 1980 lança a marca Ana Salazar

- Em 1985 abre uma loja em Paris e vende para várias caputais europeias, faz fardamentos, cerâmicas, perfumes e acessórios;

- "Em  2009, um acordo de cedência de capital com João Barbosa e Luís Aranha (que se afastaria em 2011) atribui-lhes 74% do capital da empresa e, "num segundo momento, a totalidade do capital", escreveu Ana Salazar em Fevereiro de 2012, quando anunciou o corte com a marca com o seu nome."

- Em 2013 lança a marca Ana By Herself

Ana Salazar Regaleira.jpg

ana-salazar retrospectiva.jpgAna-Salazar-Image-1.jpg

 

 ( Imagens de: Arquivo pessoal, CM Jornal, João Bacelar/Vogue, Portugal Confidential, A cidade das mulheres)

 

 

Pág. 2/2