Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

A "indecisão" nos cuidados cosméticos anticelulíticos

 

 

A celulite afecta mais de 85% das mulheres após a puberdade. O que quer dizer que…basta ser mulher para ter tendência a desenvolver celulite. E porquê? As alterações hormonais regulares na mulher bastam. Se juntarmos outros factores que contribuem, como a toma de contraceptivos orais, o sedentarismo, stress, excesso de peso, ou a pesada herança genética, como escapar…?

A celulite pode desenvolver-se em qualquer zona do corpo que tenha tecido adiposo subcutâneo, mas as suas zonas de preferência para atacar são as zonas ginóides, que passo a esclarecer: ancas, coxas e nádegas, onde há receptores adrenérgicos, que favorecem o desenvolvimento privilegiado da lipogénese (processo de armazenamento), nas células responsáveis pela acumulação de gordura: os adipócitos. Visto que as mulheres normalmente têm em comum um outro problema, a retenção de água, esta impede a eliminação correcta dos resíduos do metabolismo dos adipócitos, pois não se faz correctamente a drenagem dos líquidos em excesso.

A diversidade imensa de produtos anticelulíticos ao nosso dispor para combater a celulite é infindável, e é nesta altura do ano que chovem tradicionalmente novidades nesta área, que representa um dos mercados mais interessantes e cobiçado no mundo da cosmética. Quando nos deparamos com a escolha do produto mais adequado, surgem as dúvidas.

 

 

Acção anticelulítica, sim. Mas todos a reinvindicam…o que mais procurar?

- agentes lipolíticos, que promovem a lipólise, isto é favorecem a degradação das gorduras que se acumulam nos adipócitos, entre eles a Cafeína, agente de referência nesta área, entre outras metilxantinas, como a Xantoxilina, presente por exemplo na Pimenta de Sichuan. Normalmente, a utilização de agentes lipolíticos apenas não basta, pelo que os mais modernos anticelulíticos associam outros ingredientes activos que actuam nos mais diversos factores geralmente associados à celulite, como:

-agentes antilipogénese, como o lótus sagrado ou a Liana do Perú, capazes de impedir a transformação dos pré-adipócitos em adipócitos maduros que passariam a poder armazenar mais gordura;

-agentes drenantes, como o extracto de Sabugueiro, Ginkgo Biloba, Castanha da India, Centella Asiática, para favorecer a eliminação dos excessos;

-agentes refirmantes, como o Retinol, e a Glaucine mais modernamente utilizada, incorporados nos cosméticos anticelulíticos, que tornam o anticelulítico num 2 em 1, pois facilitam-nos a vida, ao utilizar apenas um produto que reduz a celulite, mas não nos deixa flácidas.

 

Os mais completos não deixam margem para dúvidas na eficácia, mas há algumas dicas que deverá seguir:

-Utilizar de manhã e à noite, com persistência, durante um período prolongado, que deverá ser no mínimo de 1 a 2 meses (embora os 1ºs resultados comecem a ser visíveis antes). Mulher “sem celulite” utiliza um cuidado destes ao longo de todo o ano, experimente, faz a diferença, vai ver!

- Fazer Esfoliante Corporal semanalmente, para favorecer a renovação das células, de forma que o anticelulítico possa actuar mais eficazmente.

-Associar um Cuidado Concentrado contendo Óleos Essenciais, normalmente ultra-activos pois com excelente potencial de penetração, favorecendo a penetração de qualquer gel ou creme anticelulítico. Mas, se na sua composição tiver óleos essenciais drenantes e lipolíticos, como o de Zimbro, de Gerânio, de Alecrim, de Limão ou de Cipreste, o resultado é inacreditável! Neste caso, basta utilizar um produto destes para ter bons resultados na celulite.

 

Mas saiba que não há milagres, não esqueça os cuidados com a alimentação e estilo de vida. Voltarei de hoje a 15 dias para lhe dar dicas importantes sobre estes, entretanto comece já a sua pesquisa e não perca tempo, as temperaturas já estão a subir…

 

Até breve!