Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

FITOTERAPIA

 

 

 

O termo “Fitoterapia” resulta da junção das palavras gregas Phyton (planta) e Therapeia (tratamento) e foi “criado” pelo médico francês Henri Leclerc  que, nos Anos 50, compilou o resultado das suas pesquisas  e experiências sobre a aplicação de plantas no tratamento e prevenção de doenças, no livro “ Sumário da Fitoterapia”

A fitoterapia é tão antiga quanto o Homem, pois bem cedo, ele se apercebeu dos benefícios de algumas plantas para tratar/atenuar doenças. Na China existem registos da utilização de plantas que remontam a 2500 a.C.., e em 2800  a. C surge o primeiro livro com referência a fórmulas de fitoterapia, o “NEI JIN”.

 

 

O conhecimento empírico foi sendo reconhecido, progressivamente, pela ciência e, actualmente, os investigadores e laboratórios de pesquisa para além de identificarem os componentes activos de cada planta ou fruto, estudam as suas propriedades e possíveis aplicações no mundo da farmácia e cosmética.

 

Enquanto parte integrante da Medicina Tradicional Chinesa,  a Fitoterapia estuda as plantas medicinais e as suas aplicações no tratamento de problemas de saúde.  Considerada uma alternativa aos medicamentos químicos,  não tem efeitos secundários e pode ser usada isolada ou em conjunto com a medicina convencional.

 

No mundo da cosmética, destacam-se os laboratórios Pierre Fabre, Allès, Sisley, Clarins, Sanoflore, Alqvimia que, com o maior rigor cientifico, ao mundo vegetal vão buscar os activos que possam contribuir para contrariar o envelhecimento cutâneo e capilar, contrariar o relaxamento cutâneo, a instalação de gorduras inestéticas, a celulite, a flacidez, as manchas

 cutâneas entre outros.

 

A alcachofra, alfazema, alecrim, bardana, camomila, eucalipto, rosa, gerânio, salva, cardamomo, cravo, óleo de gérmen de trigo, malva, menta, flor e folhas de laranjeira,  são exemplos disso.

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.