Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

BRONZEAR SEM RISCO

 

 

 

TODOS OS CUIDADOS SÃO POUCOS

 

 

É possível ter um bronzeado perfeito sem correr riscos desnecessários. Basta estabelecer com o sol um convívio correcto e escolher o protector solar que melhor se adapte ao tipo de pele. Proteger é uma norma que se deve estender aos cabelos e olhos.

 

Com a chegada do bom tempo os alertas lançados pelos dermatologistas – é preciso proteger a pele dos raios solares -, repetem-se, no que são secundados pelos media. Também, os laboratórios cosméticos, atentos ao fenómeno, criam produtos cada vez mais sofisticados que previnem os efeitos nefastos do sol.

 

Se é certo que o sol é essencial à vida, não é menos verdade que uma exposição selvagem aos raios UVA e UVB pode ter danos graves e irreversíveis sobre a pele e sistema imunitário.

 

O convívio com o sol deve, pois, ser cauteloso e inteligente. Não podemos esquecer que o calor dos raios solares proporciona bem-estar, podendo ter um efeito viciante e desencadear uma espiral irresistível – “quanto melhor nos sentimos, mais nos expomos ; quanto mais nos expomos melhor nos sentimos”.

 

Da leitura das recomendações da Comissão Europeia, de 22 de Setembro de 2006, sobre protecção solar e duma conversa com o dermatologista, podemos extrair algumas normas de conduta que permitem uma relação cordial com o sol:

 

A protecção ao sol deve ser gradual e nunca sem protector solar

  • Nos primeiros dias de exposição, utilize protectores solares de alta protecção e vá passando para protecção média. Se a pele for muito clara e sensível, mantenha a protecção “Alta” ou “Muito Alta”.
  • Aplique o protector solar antes de sair de casa. O caminho pode ser longo e a radiação reflectida nos vidros do carro tem efeitos nefastos sobre a pele.
  • Renove a aplicação com frequência. A acção do protector vai-se diluindo com os movimentos, transpiração e banhos de mar ou piscina.
  • Evite a exposição solar entre as 11 e as 17 horas.
  • Cubra a cabeça com um chapéu ou boné de palha ou algodão e proteja os olhos com óculos de sol munidos com lentes anti raios UVA
  • Atenção às superfícies reflectoras. A água, areia, paredes brancas podem reflectir mais de 50 por cento dos raios solares na pele. A permanência prolongada em esplanadas com paredes caiadas de branco deve ser cuidadosa, sobretudo nas horas consideradas criticas.
  • Se tem derrames, varizes ou problemas circulatórios não exponha as pernas ao sol.
  • Tome precauções se tem tensão arterial baixa. O calor tende a fazer uma vasodilatação com reflexos quase imediatos na pressão sanguínea.
  • Não se iluda com os dias enevoados. Aplique sempre um protector solar. As radiações UVA e UVB atravessam as nuvens e a sua nocividade mantêm-se.
  • Atenção aos medicamentos. Existem produtos foto sensibilizantes que sob a acção dos raios solares originam manchas difíceis de atenuar ou eliminar.
  • Evite a aplicação de fragrâncias com álcool quando vai expor-se ao sol.
  • Os novos protectores solares têm a seguinte classificação:  “Protecção Baixa” (FPS 6 - 10), “ Protecção Média” (FPS 15- 20 – 25), “Protecção Alta”  (FPS 30 -50) “Protecção Elevada/Alta” ( FPS 50+). A designação “ecran total”, foi banida, por enganadora.

     

O que há de novo

 

- Creme Velouté SPF 50, Polysianes

- Creme Mineral Protecção muito elevada, Avène

- Huile d'Été Protectrice, Rene Furterer

- Lait Solaire Age Défense SPF 30, Thalgo

- Lait Défense Solaire SPF30, Anne Moller

- Vital ProtectionAge Defying Lotion SPF 50, Darphin

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.