Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

BALENCIAGA - UM ESTILO INTEMPORAL

 

Balenciaga atelier.jpg“Um bom costureiro tem de ser um arquitecto para o desenho, um escultor para a forma, um pintor para a cor, um músico para a harmonia e um filósofo para o enquadramento”, afirmava Cristobal Balenciaga um Costureiro que ” fez história” na história da Alta Costura do século XX.

Não foi por acaso que ficou conhecido como o “Rei da Moda”.

 

Nascido em 1895 em Guetaria, na região basca espanhola, tinha como futuro anunciado tornar-se pescador, como o seu pai, ou ingressar na vida religiosa, como um tio.

A mãe era costureira.  Foi ela, por certo, que lhe despertou o interesse pela Arte que aprendeu no quotidiano.

Contou com o incentivo de uma aristocrata para quem, com 12 anos, desenhou um vestido.

Balenciaga chapeu.jpgA sua primeira  Maison de Couture  (1919) nasce em San Sebastian.

O êxito alcançado leva-o a abrir uma loja em Madrid.

Paris é um sonho concretizado em 1937.

O número 10 da Avenida George V é o local escolhido.

Balenciaga vetido com folhos.pngCristobal Balenciaga, “o arquitecto da Moda”, tinha um estilo próprio que assentava na perfeição, qualidade e geometria de formas.

Nada era deixado ao acaso. Cada peça criada reflectia a sua sensibilidade, paixão pela Arte e profissão que escolhera para si, podendo ser classificada de “mais uma escultura”.

Balenciaga coliseu.jpgA sua clientela era vasta – aristocracia, alta burguesia, artistas dos mais diversos quadrantes.

 

Em 1968, Cristobal Balenciaga sente-se perplexo com o consumismo que se começava a fazer sentir, e que “colidia com a sua visão intransigente da Moda”. Sai de cena.

A Maison Balenciaga fecha as suas portas.

Balenciaga morre quatro anos mais tarde.

MODA-Balenciaga-Parigi-Bn.jpgEm 1997 Nicolas Chesquière é nomeado  Director Creative  Balenciaga, cargo que ocupará até 2012. .

A tradição da Couture Balenciaga renova-se nunca perdendo de vista o seu ADNBalenciaga 2005.jpg

Alexander Wang é a actual Crative Director Balenciaga.

 

A saber:

- A Maison Balenciaga foi parca em fragrâncias:

- Le Dix, em 1947, La Fuiles des Heures, em 1948 e Quadrille em 1955.

- No relançamento da Maison as fragrâncias não foram esquecidas..

Tomaram um novo alento com aromas que considero excepcionais

As embalagens e frascos são fabulosos tal como as campanhas publicitárias assinadas por grande realizadores e fotógrafos.

As modelos escolhidas estão de acordo com o estilo da Maison Couture - elegância, modernidade, feminilidade.

Balenciaga parfum.jpgParfum Balenciaga e L'Essence Balenciaga acompanham-me com uma enorme frequência. Especialmente na estaçõe mais frias.

Acaba de ser apresentada outra fragrância que estou ansiosa por descobrir. Dela falarei quando tiver oportunidade de a experimentar.

 

Já agora...dê uma olhada pelas propostas Couture para a Primavera assinadas por Alexander Wang.

Vale a pena.

 

                                .

 

BOA SEMANA

CUIDE DE SI