Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

COLLECTION COUTURIER PARFUMEUR

 

 

ENTRE O PASSADO E O PRESENTE

 

  

 

A  “Collection  Couturier Parfumeur", Christian Dior” , seguiu a tendências das grandes Maison de Couture que criaram colecções de fragrâncias com venda exclusiva nas suas boutiques.

 

Homenagem aos fundadores? Ligaçação entre o passado e o presente? As duas teorias são verdadeiras.

 

François Demachy, perfumista da Maison Dior, é o responsável por sete das 10 fragrâncias desta colecção que " tem como objectivo dar a conhecer essências raras e de grande qualidade olfactiva, e inspira-se em momentos importantes daquela griffe. No fundo, uma homenagem especial  ao criador do New Look e aos momentos especiauis da sua vida", diz.

 

Não é por acaso que uma das fragrâncias tem o nome de New Look 1947 e outra, Granville, local de nascimento de Cristhian Dior.

 

Cologne Royale, recentemente lançada, evoca um período histórico que Cristhiam Dior adorava – o século XVIII e, como é óbvio, a opulência da corte francesa.

 

 

François Demachy "recuou no tempo" e trabalhou uma pirâmide olfactiva constituída por essências simples mas nobres - a bergamota de Reggio de Calabria, o limão da Sicilia e o neroli da Calábria - para dar forma a esta fragrância.

 

Classificada como um "Hesperidé- Aromatique ", Cologne Royale é uma fragrância unisexo de grande agradabilidade.

 

Nas notas de cabeça impera o aroma da bergamota. No coração, o limão e o néroli; nas notas de fundo a menta e aromas doces.

 

O frasco, cilindrico, é simples: vidro transparente que deixa ver o amarelo suave da fragrância. A etiqueta sóbria lembra as etiquetas que revestiam alguns frascos em séculos passados.

Vale a pena descobrir!

1 comentário

Comentar post