Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

DA "INOCÊNCIA" À "SEDUÇÂO" OLFACTIVA

 

 

 

 

 

Um século separa estas duas imagens.

Uma tem a assinatura de Jeanne Lanvin e a outra de Alber Elbaz, actual director artístico da Casa Lanvin.

 

Para mim, Lanvin é sinónimo de "feminino", "sedução". "elegancia", "sofisticação".

 

Não só na Moda. Esses adejectivos estendem-se aos acessórios e fragrâncias

 

E é sobre um novo aroma que vos vou falar - Jeanne Lanvin Couture.

 

Criado pelo perfumista Domitille Bertier " o desafio consistiu em não trair a assinatura vibrante, acrescentando um brilho de alta-costura" "

 

Objectivo conseguido a cem por cento.

 

Dou a palavra a Bertier: "É um pouco como se tivéssemos um casaco de pele forrado com seda ou lingerie delicada sob uma confortável camisola grossa de lã. Há referências que sublimam as harmonias mais sensuais.... Assim, Jeane Lanvin Couture mantém o seu ADN frutado, enriquecido com notas mais sofistificadas e uma base amadeirada de elegância clássica".

 

GOSTO!
Do aroma.
Do frasco de linhas lineares. Um laço em seda remete para a Haute Couture Lanvin.
Da imagem publicitária.
 
Uma boa semana