Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

COMER BEM SEM GASTAR MUITO

 

Hoje dei por mim a pensar numa "querida amiga", a Maria de Lurdes Modesto.
Não sei bem porquê. Ou saberei?!
Quando fui directora da revista Mulher D'Hoje a Maria de Lurdes Modesto deu-me a honra de colaborar comigo.
 
Para além das receitas maravilhosas que propunha, mensalmente, aos leitores, ensinava me alguns truques para simplificar o meu dia-a-dia.
 
Não gostava muito de cozinhar...
 
Posso dizer que passei a ser uma "cozinheira razoável" e descobri que "fazer cozinha" é uma verdadeira alquimia, um momento em que os aromas e sabores se misturam consoante a nossa imaginação.
Um momento de tranquilidade.
 
Isto vem a propósito de uma conversa com uma Amiga que me falava, junto à praça da fruta, Caldas da Rainha,  em "comer bem sem gastar muito". 
 
Creio que, neste momento, a grande maioria de nós precisa disso mesmo.
Alimentar-se de uma forma equilibrada gastando pouco.
Não sou nutricionista nem especialista em culinária, mas das leituras que tenho feito e da experiência que o tempo vai fornecendo, posso deixar algumas dicas. Simples, diga-se.
 
APOSTE EM:
 
1. Sopas.
São fáceis de confeccionar e fornecem uma série de nutientes essenciais ao organismo.
Aposte nos legumes. Não esqueça a abóbora, o alho franês, as courgetes, as cenouras, a couves.
 
A sopa de tomate - quente ou fria -, salpicada com salsa ou coentros ou manjericão é uma entrada deliciosa.
Há quem a salpique de ovo cozido. Saboroso e nutritivo.
 
Não se esqueça que o tomate é rico em licopeno, um poderoso antioxidante com propriedades anti-radicais livres e anti-envelhecimento.
 
2. Leguminosas.
Grão, feijão, lentilhas, soja, ervilhas...
São baratas e delas podemos fazer sopas, purés ou mesmo um "prato principal".
Tempera-as com azeite e ervas aromáticas .
 
 
3. Frutas da época.
São menos dispendiosas e mais saborosas.
 
A Organização Mundial de Saúde recomenda a ingestão de três peças de fruta por dia.
 
 
4. Ovos
Originam refeições muito simpáticas - nutritivas - baratas.
Durante algum tempo foram considerados como responsáveis por algum colesterol. 
Nos últimos anos devido, essencialmente, a um estudo levado a cabo pela Universidade de Yale essa ideia foi posta de parte.
Claro que os exageros são desaconselháveis.
 
Experimentei há dias ovos com beldroegas e posso dizer que adorei.
 
 5. Diminua o consumo de carne
 
6.  Aprenda a escolher o peixe.
O peixe é rico em Ómega3 e deve ser consumido regularmente.
Existem, no entanto, algumas espécies a preços pouco acessíveis.
Optar por peixes pequenos de águas frias ou recorrer a conservas são hipóteses a ter em conta.
 
A saber:
- O processo de conservação do peixe não lhe retira propriedades nutricionais.
- Minerais, Omega 3, proteínas e minerais não desaparecem nas conservas de peixe.
 
O atum, sardinha, cavalas, polvo em conserva são soluções para refeições rápidas com preços simpáticos.
Com saladas frescas, legumes cozidos ou leguminosas ou frutas...a imaginação é sua!
 
7. Menu semanal
Se programar - antecipadamente - as suas refeições vai economizar.
Evitará "sucumbir" aos implusos no momento da compra.
 
Antes de ir ao supermercado ou mercado tradicional faça uma "vistoria" ao frigorifico para ver o que, na realidade, tem necessidade de comprar.
 
Espero ter ajudado.
Ponha a imaginação à prova.
Bom fim de semana

 

Receita de Maria de Lurdes Modesto:

 

 
 PIMENTOS RECHEADOS COM SOJA
 
 

Ingredientes:

3 pimentos vermelhos
4 colheres de sopa de soja granulada
2 cebolas médias
6 colheres de sopa de azeite
3 tomates maduros
Tomilho
4 colheres de sopa de arroz cozido 
100 g de pinhões

1 dl de vinho branco
Queijo ralado

Sal e pimenta q.b.

 

Lavar os pimentos cortá-los longitudinalmente, retirar as sementes e a membrana branca.

Temperar o interior com sal e pimenta.

Saltear a soja num pouco de azeite.

Picar a cebola e passá-la por 3 colheres de sopa de azeite, deixar cozer um pouco e depois juntar os alhos espremidos, tomate e o tomilho .

Cozinhar até ao tomate ficar semi cozido.

Retirar o lume e juntar a soja, os pinhões e o arroz.

Temperar a gosto.

Rechear os pimentos.

Deitar 1 colher de azeite num tabuleiro e o vinho.

Colocar os pimentos, espalhar o queijo e regar com o restante azeite.

Levar ao forno 20 minutos.

 

BOM APETITE!

 

...e já agora, partilhe os seus segredos de "comer bem sem gastar muito"

 

mfernandadiniz@gmail.com