Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

DIOR - AROMAS- MODA - BASTIDORES

 

 

 

Raf Simons, Director Artistico da Maison Dior,  apresentou a sua primeira colecção.

 

Muito aguardada.

 

Uma coisa posso dizer:

Rompeu com o estilo barroco de John Galliano.  

Revisitou a história Dior. 

Apostou no minimalismo. No feminino. No sofisticado.

 

Gostei. Sinceramente.

Deixo dois videos. Um sobre Miss Dior e o outro sobre os bastidores da Maison.
Dê uma olhada.

 

 

1. A nova mensagem publicitária Miss Dior apela às emoções, à paixão, ao Amor.

 

O spot foi realizado por Sofia Coppola e a campanha de Imprensa tem a assinatura de Tim Walker.

Como já referi em post anterior - " Top Ten das fragrâncias mais vendidas" - , a eau de toilette foi reformulada.

 

 

 

 

 

 

Nos bastidores da Alta Costura:

 

 

 

 

 
 

JOSÉ ANTONIO TENENTE DESENHA FIGURINOS PARA "LAGO DOS CISNES"

 

 

 

 

 

 

O Lago dos Cisnes’ a nova produção da Companhia Nacional de Bailado com figurinos assinados por José António Tenente, em cena até dia 3 de março no Teatro Camões em Lisboa.

 

“O Lago dos Cisnes é um clássico Desde a sua estreia, não muito gloriosa, foi revisitado inúmeras vezes por todo o mundo, em versões que tomaram as mais diversas formas e feitios. A música de Tchaikovski continua, no entanto, a ser a grande inspiração, mesmo nas produções que mais romperam com a tradição.

O famoso segundo ato, o ato branco, segundo Lev Ivanov, é também o ato icónico e praticamente intocável de todo o classicismo da dança, na sua conceção quase abstrata da figura de mulher-cisne e na utilização do corpo de baile. (...)” in programação CNB

 

 

Grande emoção trabalhar para o clássico dos clássicos... grande desafio encontrar o equilíbrio entre a tradição/imaginário coletivo e a minha leitura/interpretação.

Esta produção, ainda que com a introdução de novos elementos e linguagens, como o filme ‘cenário’ do Edgar Pêra, assenta coreograficamente no clássico original com todas as especificidades e exigências que isso implica.

Foi um processo em constante diálogo com o movimento e o corpo dos bailarinos”, diz José António Tenente.

 

LINDO!

PERFEITO!

Outra coisa não era de esperar de José António Tenente que ao longo dos anos me vai deliciando com o seu estilo e com os seus fantásticos figurinos.

 

Será preciso confessar que sou uma fã???????!

 

 

 
 

TOP TEN DAS FRAGRÂNCIAS MAIS VENDIDAS

 

 

 

 

Várias revistas anunciaram as melhoras fragrâncias 2012.

 

A escolha é feita por júris, normalmente, constituídos pelas editoras/es de Beleza de diversos meis de comunicação social.

 

Fiz parte, durante mais de 20 anos, do júri dos Prémios de Beleza e Perfumes da revista Máxima e sigo com atenção o que se passa, nesse sector, por esse mundo fora.

Muitas surpresas. Sempre.

 

As preferências olfactivas são muito subjectivas uma vez que dependem de factores muito específicos. O Ph da pele é um deles.

 

Não admira, pois, que as preferências dos diversos membros dos júris não sejam para muito explicáveis e, nem sempre, coincidam com o número de unidades vendidas.

 

O top 10 das vendas 2012 ,anunciado pela imprensa francesa dá uma ideia dessa realidade.

Em causa milhões de euros...milhões de unidades vendidas.

Guerra aberta entre grandes empórios ligados ao mundo das fragrâncias.

 

Infelizmente não consegui, até este momento, o Top 10 portugês.

 

Ora veja o que se passou em França: 

1.   J'Adore, Dior.

A salientar: nova imagem publicitária. Cenário: Palais de Versailles. Luxo, sofisticação.

 

2.   Nº5, Chanel.

Nova imagem publicitária com Brad Pitt. Uma aposta diferente e, em minha opinião, bem conseguida.

 

3.   La Petite Robe Noire, Guerlain.

Um conceito publicitário inovador e divertido criado pela dupla Kuntzel & Deygas.

Diz quem sabe que o aroma tinha sido lançado "em segredo" em 2009.

 

4.   Angel, Thierry Mugler.

 Em 2011 estava em terceiro lugar. Anes chegou a ser campeão de vendas.

 

 

5.   Coco, Chanel.

Um aroma intemporal, uma imagem fabulosa. 

 

 

6.  

Shalimar, Guerlain e Miss Dior ocupam, ex aequm, o 6º lugar

Posso avançar que a Eau de toilette Miss Dior foi reformulada e o spot publicitário conta com a realização de Sofia Copolla.

 

 

 

8.  Flower by Kenzo continua com um número de vendas muito confortável.

Resiste à passagem dos anos.

 

9.   Lady Million, Paco Rabanne

Um aroma e um conceito publicitário que lançou para a ribalta a Puig International.

 

10. La Vie Est Belle, Lancôme.

Uma bela campanha publicitária com Julia Roberts.

 

A saber:

 

- Do ponto de vista olfactivo as preferências vão para as fragrâncias "orientais" - 50%.

- As fragrâncias florais arrecadam 30% das vendas.

- Os aromas  "chipres" ficam pelos 20%.

 

ELE DISSE

 

 



 

"Em momentos de crise, só a imaginação é mais importante do que o
conhecimento".

 

Albert Einstein

MADALENA FRAGOSO. VOU RECORDÁ-LA COM SAUDADE

 

 

 

Conheci a Madalena Fragoso há muitos, muitos anos.

 

As relações estreitaram-se quando fundou a revista Máxima e, juntamente com a Céu Avelar, me convidou para integrar o júri do Prémio Máxima Beleza e Perfumes.

 

Com a Madalena partilhei muitos momentos.

Muitas viagens. Muitas apresentações de cosmética e de fragrâncias.

 

Inteligente, aceitava as diferenças que nos caracterizavam. E... eram muitas.

 

Era uma Mulher serena. Culta.

Leal. Solidária. Fraterna. Atenta.

 

No seu sorriso, quase tímido, albergava uma grande ternura pelo mundo que a rodeava.

 

Vou recordá-La sempre. Com saudade.

 

Faz parte do grupo de "Amigos" que enriquecem a minha vida.

Faz parte do grupo de "Amigos" que sabem fazer sugestões, criticas construtivas.

Faz parte do grupo de "Amigos" que ma ajudam a fazer o "meu caminho".

 

OBRIGADO, MADALENA

Deixo-lhe flores...

 

(... vem-me à memoria uma estada em Veneza.

 No terminus de uma apresentação eu, a Madalena e a Paula Calisto ficamos mais uns dias para viver um momento único - o Carnaval.

Fazem precisamente 12 anos.

Foi a última viagem que partilhámos.

Ontem a sincronicidade de várias datas veio até mim de uma forma tempestuosa, como a chuva e trovoada que povoaram o dia.

Nada acontece por acaso.)

 

 

UMA FRAGRÂNCIA ÚNICA

 

 

 

 

Je dis une fleur! et, hors de l’oubli où ma voix relègue aucun contour en tant que quelque chose d’autre que les calices sus musicalement se lève, idée même et suave, l’absente de tout bouquet.

 

 Mallarmé (1842-1898)

 

 

A apresentação de uma fragrancia Hermès é sempre um acontecimento esperado com alguma ansiedade pelos meios de comunicação social e por uma elite apreciadora de aromas com uma filosofia própria - o convite a viajar.

Pelo mundo fora e ...pelo nosso mundo interior.

 

Afinal, Hermès...é Hermès.

 

A grande maioria dos aromas lançados foram/são um êxito.

Muitos viraram clássicos da perfumaria mundial.

 

Sou fã da maioria.

 

Eau de Merveilles acompanha-me... tal como as Hermessence, uma verdadeira colecção de poemas olfactivos que evocam emoções, memórias, afectos.

 

Un Jour D'Hermès, a fragrância acabada de lançar, já faz parte das minhas preferências.

 

A imprensa internacional anunciou, em Novembro, o lançamento mas respeitou o silêncio exigido - "Nada de detalhes até ao lançamento mundial " que ocorreu a 15 de Fevereiro p.p.

 

Como curiosidade direi que a Maison Hermès não colocou grande enfase na pirâmide olfactiva.

 

Falou numa fragrância plena de "luz, feminilidade e optimismo".

Falou em "mil flores" e "bálsamos"...

Falou de uma homenagem à Mulher.

 

No contacto do aroma com os meus sentidos, advinho notas verdes e cítricas, outras florais como a gardénia, outras envolventes como o musgo de carvalho...

Sinto suavidade, envolvência, frescura...a magia do alvorecer nas montanhas, no campo...junto ao mar.

Evoco flores...muitas flores. As minhas flores preferidas.

 

Un Jour D'Hermès revelou-se um aroma único, "mágico".

 

Não será por acaso que Jean Claude Ellena escreveu na página 63 do seu Journal d’un parfumeur:

 

 Je voulais donner à sentir des brassées de fleurs, que chacun y mette les fleurs qu’il veut, y sente ce qu’il a envie de sentir. »

Ou ainda. Des brassées, des bouquets, des gerbes, des bosquets, fleurs du jardin, fleurs du salon, fleurs du matin, fleurs du soir, parfums espiègles, odeurs envoûtantes, à profusion ! »

« Je laisse volontiers des vides, des “blancs”, dans les parfums afin que chacun puisse y ajouter son propre imaginaire; ce sont des “vides d’appropriation” .

 

Conseguiu!

 

O design

Para uma fragrância "diferente" era necessário criar um frasco diferente.

Para materializar esse objectivo foi convidado Piere Hardy, o conhecido designer das jóias e sapatos Hermès. 

O resultado é fabuloso. Um frasco "sólido, depurado, sensual, com personalidade" que, insiscutivelmente, reflecte a tradição Hermès.

Um objecto de arte, que apetece acariciar.. .um contraste luminoso em que o branco e o dourado mel do perfume criam uma elegância subtil.

 

A minha opinião:♥♥♥♥♥

A  saber

 

Jean Claude Helena um homem elegante, cabelos grisalhos, sorriso no olhar, gestos discretos é o perfumista exclusivo da Maison Hermès desde 2004.

Como responsável pelas fragrâncias Hermès "virou" os conceitos aromáticos da "Maison", deu-lhes novos horizontes, entendeu o "l'air du temps", as aspirações olfactivas de homens e mulheres... Para eles criou histórias plenas de cor, fantasia, sons e cores.

 

Nascido a 7 de Abril de 1947, em Grasse, é filho de um perfumista. Dele terá herdado o amor pelo ofício.

 

Sentir as fragrâncias por ele formuladas é como recuar no tempo em que os alquimistas criavam "misturas" para uma elite, em que o mundo dos aromas ia muito além do simples gesto de perfumar.

Quando tomo contacto com as fragrâncias assinadas por Jean Claude Ellena sinto-me atraída para uma viagem de sonho, liberdade, alegria.

 

Celebro a Natureza e a vida.

 

 

 

 

CHANEL INVENTOU UMA NOVA IMAGEM FEMININA

 

 

 

Sempre que me chega à mão algum kit press Chanel eu olho-o com muita atenção e revisito a história de Mademoiselle Chanel que, nos Anos 20 do século passado, inventou uma nova imagem da Mulher.

 

Um look moderno, cómodo, desportivo, "bronzeado", um tudo nada andrógeno sem nunca, no entanto, renunciar à feminilidade.

 

Complicado?

Sim... e não.

 

Coco Chanel rompeu com as regras rigidas que imperavam na Haute Couture Française das primeiras décadas do século, conseguiu ler os "sinais dos tempos" que anunciavam a mudança, o caminho para a emancipação da Mulher.

 

Acabou com os corpetes que asfixiavam as mulheres, criou casacos de estrutura ampla, lançou as calças largas de corte masculino, adoptou as boinas, os sapatos bicolores...

 

Mas não só.

Adoptou o jersey que "aconhegava o corpo" e resistia às viagens, fossem elas pequenas ou longas.

 

 

...lançou a bijouteria de luxo.

Profusão de pérolas (maravilhosas!) e camélias...que marcavam a diferença.

 

Criou um ícone - La Petite Robe Noir -, o vestido de cocktail preto que virou companheiro de qualquer mulher elegante.

 

Há mais de duas décadas que o Costureiro Karl Lagerfeld se encontra à frente da Maison Chanel e, ao longo desse tempo, conseguiu modernizar a Maison sem, no entanto, "atraiçoar" o estilo Chanel.

 

As colecções demonstram-no. Estação após estação.

A maquilhagem não fica atrás.

 

Jeux de Regards, a maquilhagem proposta para a Primavera-Verão surge como uma nova liberdade de expressão.

Imaginada por Peter Philips, Directeur de la Création Maquillage de Chanel esta nova colecção convida a Mulher a exprimir a sua feminilidade com um toque muito pessoal.

As cores são lindas de morrer.

 

Les 4 Ombres Seduction são as minha preferidas.

As texturas são suaves.

Nuances de beige, rosa, tons de terra para dar profundidade ao olhar.

Le Volume Mascara reforça a sedução das pestanas. 

O resultado é natural mas sofisticado.

 

Já agora dê uma olhada na apresentação da colecção Alta Costura Primavera-Verão.

Vale a pena.

 

 

CELEBRAR O AMOR, O ROMANCE...O CASAMENTO

 

 

 

O Dia dos Namorados" trouxe-me à lembrança uma série de fragrâncias que celebram o "amor" , o "romance"  o "casamento" que se desejam eternos.

 

Recordo o lançamento em Portugal de Beautiful de Estée Lauder.

O local escolhido para a apresentação foi o Hotel Ritz, em Lisboa.

O "amor andava no ar" na decoração, no almoço, nas ofertas que acompanhavam o press kit.

Uma organização excepcional, podem crer.

Beautiful revelou-se um clássico da perfumaria.

 

A ele muitos outros se seguiram.

Aromas românticos, sedutores...sensuais.

Ora veja:

 

 

Kenzo Amour e Kenzo Amour I love U,  L'Amour de Lalique, Tresor Midnight Rose in love,

Love  e In Love Again de Yves Saint Laurent, Live in Love de Oscar de la Renta, Romance de Ralph Lauren, Declaration de Cartier, Eternety de Calvin Klein, Amour Amour da Cacharel... celebram o amor.

Nas suas formulas existem alguns pontos em comum - as flores brancas, as rosas, o jasmim, a flor de laranjeira, usadas frequentemente nos bouquets de noiva e conhecidas pelos seus aromas envolventes.

 

Mas se o "amor", o "romance" , a "declaração" foram fonte de inspiração, ao longo dos anos, para alguns perfumistas, o mesmo aconteceu com o casamento -  Amarige de Givenchy, Aura Collection Mariage de  Swarovski e  L'Eau en Blanc de Lolita Lempicka, são exemplo disso.

 

 

,EXCELENTE SEMANA

 

 

 

FRIO...FRIO...MUITO FRIO

 

 

Muito frio, alguma neve, bastante humidade e vento...

Aquecimento, lareira, bebidas quentes…

Mesmo assim não me sinto cómoda.

Bem sei que a paisagem é linda...mas confesso que prefiro uma temperatura amena e um sol a brilhar.

 

Relembro a minha Avó e os conselhos (muitos!) que me dava para enfrentar o frio numa época em que não se falava de “vidros duplos”, isolamento ou roupa termica, recuperadores de calor...

 

Eram conselhos sábios. Não teriam demonstração cientifica... Assentavam num "conhecimento" adquirido inverno após inverno, nevão após nevão.

 

Aqui relembro esse conhecimento empírico,  precioso por terras de Castanheira de Pêra, e que a ciência veio a demonstrar.

 

 

 

1. Vestir em camadas, tipo "cebola".

A sobreposição de peças é fundamental para enfrentar o frio.

Um camisolão amplo, de gola alta, para além de cómodo é uma "camada" que pode "esconder" outras peças de vestuário.

O uso de collants em lã sob as saias ou calças é um truque a não esquecer.Podem criar um maior volume na zona absominal e pernas... mas o calor/conforto compensam.

 

 

 

2. Gorro, luvas, echarpe

Não devem ser esquecidos.

orro ou chapéu, écharpe, luvasProtegem zonas do corpo muito sensíveis e ajudam a "afastar" os resfriados.

Há quem defenda que cabeça, mãos e pés protegidos do frio é "meio caminho andado" para combater o frio.

Matéria prima? Lã, sempre que possível.

 

3. Calçado quente.

Deve fazer parte da estratégia anti-frio.

Sapatos ou botas forradas de pelo e sola isolante são aliados preciosos para manter a temperatura ideal dos pés.

Ponha de parte sapatos ou botas que apostam no design e modernidade mas são pouco quentes.

Guarde-os para os dias ensolarados e menos frios.

 

 

4. Beber líquidos.

O frio não convida a beber água.

Se está nesse caso, opte por tisanas quentes.

O importante é não sentir sede que, como é sabido, é já um sinal do corpo em sofrimento.

A desidratação tem efeitos muitos graves sobre o corpo e fragiliza-no na reacção ao frio.

Fuja do café e do álcool.

 

 

5. Hidratar a pele

Se a hidratação é necessária na nossa rotina diária, ela deve ser reforçada nos dias em que o frio e o vento são uma presença pouco simpática.

Não esqueça a hidratação dos lábios, das orelhas, das mãos...

Nestas zonas reaplique o hidratante com alguma regularidade.

 

 

Entre nós...

 

O que uso  hidratar a pele submetida a agressões um pouco violentar?

Produtos que ajudam a combater a secura do rosto e do corpo.

As texturas são suaves. Comprovei a eficácia e posso dizer que me estou a dar bem, muito bem.

A minha pele está a resistir às agressões ambientais e não tem sinais de desidratação.

 

Nome? Lierac.

 

- Lait Sensoriel - Leite Hidratação 24 h

 

- Masque Confort - Creme Untuoso Hidratante

 

- Hydra Chrono+ Creme Suavizante lenitivo. (Pena tenho de não ter como "companheiro" o Hydra Chrono Sérum que costumo usar de manhã e à noite....)

 

- Hydra-Chrono + Lábios (incolor)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos: Neve em Castanheira de Pêra e Santo António da Neve.

Hermès Fall Winter 2012/2013

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
 

UM PRÉMIO ESPECIAL

 

 

 

 

 

 

Jacques Rocher, através da Fundação Yves Rocher – Instituto de França distinguiu três projectos de mulheres portuguesas na área da sustentabilidade

A quarta edição dos prémios Terre de Femmes marca, uma vez mais, a aposta da Fundação Yves Rocher – Instituto de França na distinção de projetos de defesa e educação ambiental desenvolvidos por mulheres portuguesas.

 

Em 2013 e, à semelhança das edições anteriores, voltou-se a distinguir três projetos que visam promover e respeitar a sustentabilidade e o ambiente, implementados e desenvolvidos por mulheres portuguesas, eco-cidadãs, militantes do quotidiano e muitas vezes anónimas que agem a favor do ambiente.

 

Os prémios foram entregues por Jacques Rocher, Presidente Honorário da Fundação e um dos fundadores da mesma.

 

 

A primeira vencedora é Marta Pinto, com o projeto “FUTURO – o projeto das 100.000 árvores”.

É uma das impulsionadoras e responsáveis pelo reconhecimento oficial do “Cre.Porto – Centro Regional de Excelência em Educação para o Desenvolvimento Sustentável da Área Metropolitana do Porto”.

O prémio, de 5.000€, atribuído pela Fundação Yves Rocher – Instituto de França, permitirá dar visibilidade ao projeto que visa aumentar e melhorar a qualidade da área de floresta autóctone na Área Metropolitana do Porto (AMP) através de um processo colaborativo no qual têm um papel fundamental as autarquias, os cidadãos, as Organizações Não Governamentais (ONG´s), os proprietários florestais, as associações, as instituições de ensino, as entidades governamentais e as empresas.

 

 

A segunda vencedora é Raquel Alves, com o projeto “Aplicação dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG) no Apoio à Apicultura”.

O objectivo central deste projeto pioneiro em Portugal e inexistente em muito países, é o de recolher, desenvolver e implementar soluções que permitam gerir informações, válidas e preciosas, para a área de intervenção da Apicultura.

As abelhas, protagonistas deste projeto, são o termómetro do meio ambiente e contribuem para a produção agro-florestal através da sua ação polinizadora.

É essencial que esta seja valorizada, pois 76% da produção alimentar e 84% das espécies vegetais da União Europeia dependem da polinização das abelhas.

O Prémio Terre de Femmes, de 3.000€, vai ser aplicado em equipamentos e serviços necessários ao desenvolvimento do projeto e ainda, no âmbito de educação ambiental subjacente à Apicultura.

 

Margarida Gomes é a terceira vencedora com o projeto “Brigada  Verde-Comunidade Sustentável”, que visa estimular o interesse e a criatividade na busca de soluções mais sustentáveis através da participação ativa dos jovens no âmbito do programa Eco-Escolas.

O projeto pretende ser uma mais-valia para a Escola e para a Comunidade em que a mesma se insere, favorecendo o aparecimento de projetos de intervenção local que visem a melhoria da qualidade de vida, potenciando os princípios de responsabilidade social dos indivíduos e organizações.

O Prémio Terre de Femmes, de 2.000€, vai permitir implementar e apoiar financeiramente as melhores ideias a concurso no âmbito do projeto Brigada Verde.

 

PARABÉNS FUNDAÇÃO YVES ROCHER

PARABÉNS MARTA, RAQUEL e MARGARIDA!

 

Pág. 1/2