Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

VUITTON NA CHINA

 

 

A Maison Louis Vuitton conta a sua história centenária numa mega exposição ( 3.600 metros quadrados) no Museu Nacional de Pequim. Uma forma de festegar o 20º aniversário da sua primeira loja em território chinês.

 

Loius Vuitton - Voyages, revela-se uma história do quotidiano dos séculos XIX, XX e XXI, um relato de luxo, bem estar, sofisticação. Uma história de malas de viagem e não só que conferem status - o do dinheiro, pelo menos  - a quem as usa.

 

Viajar, usufruir das belezas do mundo, adaptando-se à velocidades dos tempos, parece ser o lema da Maison, o que lhe grangeou uma verdadeira falange de admiradores em todo o mundo.

 

 

 

 

APRESENTO-LHE....

 

 

 ... Louis Vuitton, o senhor que fundou a Maison LV, em pleno século XIX.

Instalou-se em Paris em 1854.

A qualidade e originalidade ( leia-se inovação) das suas malas artesanais, em couro e lona,  levou a serem "copiadas" pela concorrência.. Ainda não se designava por "contrafacção"... mas era!

 

Para tentar ultrapassar este problema, criou um logotipo que faria história: o L e V entrelaçados que, foram evoluindo ao longo dos tempos.

 

Nem uma rigorosa legislação evitou (e evita) a contrafacção das suas preciosas malas.

 

Malas de viagem para carruagens, combóios, aviões... bolsas, óculos, roupas, sapatos, cintos, relógios, chapéus, luvas...um mundo que faz da Louis Vuitton uma das marcas mais luxuosas e desejadas do mundo.

 

Quem não aspira por uma mala ou bolsa LV, em tudo equiparada a uma peça de Haute Couture?!