Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

EXPOSIÇÃO JEAN PAUL GAULTIER

 

 DÊ UMA OLHADA

 

 

 

Uma retospectiva das obras de Jean-Paul Gaultier está presente no Museu de Belas-Artes de Montreal.

 

 Intitulada "O planeta moda de Jean-Paul Gaultier, das ruas às estrelas", reune 130 peças únicas e "apresenta coleções diferentes, reunidas por temas como tatuagens, punks, ou peles, explicou Gautier, que vê neste trabalho "uma nova aventura", reunindo prazer, "alegria e muitas lembranças", diz.

 

 

 

É o estilista que "recebe" os visitantes nas escadarias do museu, ou melhor, uma "réplica sua", com o rosto animado por uma técnica que projeta a sua própria imagem, desenvolvida pelo quebequense Denis Marleau, diretor da companhia de teatro UBU.

 

A ilusão resulta surpreendente, diz quem viu.

 

 

Esta exposição reune peças da propriedade do estilista e outras - muitas - cedidas por clientes como Madonna, Mylene Farmer e Kylie Minogue.

 

Jean Paul Gaultier, aquando da inauguração, falou sobre a sua trajetória na moda e sobre as suas fontes de inspiração

Palavras, muitas palavras, para Madonna, que vestiu pela primeira vez uma das suas criações -  o soutien em forma de cone - que acabou por imortalizar.

 

“A primeira vez que vi Madonna ela interpretava John Holiday.  Pensei que fosse inglesa... tinha um estilo próprio. Não dava muita importância ao que pensavam dela. Não ligava nada, melhor dizendo.

 Quando, em 1984, a vi a cantar Like a Virgin vestida de noiva e com uma performance insinuante, percebei que ela deixava a plateia horrorizada”, diz Jean Paul Gaultier.

 

 

 

A mostra, patente ao público até 2 de Outubro segue, depois, para Dallas, San Francisco, Madrid e Rotterdão.

 

Passará por Portugal, a exposição de J.P.G, l'enfant terrible, que não perde de vista Baudelaire a a sua "Fleur du Mal"?!