Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Fragrâncias

Perfumes, Práticas e Discursos

Mais algumas dicas para um Verão melhor

 

 

Já todos sabemos que:

- não deve expor-se entre as 12h e as 16h (entre as 11h e as 13h chegam à Terra 30-50% da radiação solar de um dia inteiro),  

- deve reaplicar protector solar a cada 2 horas, ou sempre que tomar banhos prolongados,

- deve usar chapéu e t-shirt nas crianças,

aliás, hoje as várias marcas de protectores solares chegam mesmo a chamar a atenção para estes cuidados a ter nas suas cartonagens, que são primordiais para um Verão com segurança.

 

Hoje queria deixar algumas dicas especiais, em jeito de despedida até ao meu regresso na rentrée:

- Não use creme solar que sobrou do ano passado. Com o passar do tempo e devido à acção da temperatura ambiente (os nossos cremes solares podem atingir temperaturas elevadíssimas na praia, especialmente se o nosso saco estiver ao sol, como se colocássemos a assar no forno de nossa casa, imagine), o índice de protecção pode diminuir. Compre um protector solar novo para cada época balnear e use o antigo como creme hidratante. Mesmo se estes não estiverem normalmente ao sol, se verificar, os protectores solares têm uma validade após abertura que é no máximo de 12 meses. Aparece usualmente um símbolo com um boião com uma tampa aberta com um nº e um M, por exemplo “6M”, que quer dizer que, após a abertura, o creme pode ser utilizado durante cerca de 6 meses com garantia da sua eficácia. Depois disso, não quer dizer que esteja alterado, mas o grau de protecção já não é o mesmo.

- Não deixe os seus filhos apanharem “escaldões”. Os raios Ultravioleta são altamente agressivos para a pele das crianças, que é mais sensível a estes. Grande parte dos cancros de pele em adulto têm origem em escaldões durante a infância. Coloque-lhes regularmente protector solar com índice elevado, e evite a sua exposição directa ao sol nas horas de maior intensidade solar (entre as 12h e as 16h), insistindo na sombra, chapéu de abas largas e t-shirt (o mesmo se deverá aplicar a si). As crianças até aos 6 meses de idade não devem ir à praia, a não ser ao fim da tarde e logo cedo de manhã, e até ao 1 ano de idade não devem sequer ser expostas ao sol directo.

- Aplique protector solar com um índice mais elevado no rosto do que no corpo, pois a pele do rosto é especialmente sensível, comparativamente com a do corpo, sendo muito mais fina, o fotótipo chega mesmo a não corresponder ao do corpo.

- Tenha cuidado com os dias enublados. Nestes dias, 40 a 60% da radiação solar atravessa as nuvens, não deixe de colocar protector solar. Muitas vezes as pessoas iludidas pela ausência de calor, sobretudo, mas também pela redução da luminosidade, expõem-se em excesso, sem qualquer cuidado, resultando muitas vezes queimaduras graves.

- Tenha cuidado com a reflexão da radiação solar. Esta é diferente consoante o solo que pisamos. A permanência numa piscina ou no mar a nadar não confere protecção contra o sol, pelo contrário a água tem escassa capacidade de reflexão solar, e transmite-a até profundidades razoáveis. Cerca de 40% pode ser transmitida até 50 cm…assim cuidado com os banhos prolongados nas horas mais quentes do dia. Por outro lado, se estivermos numa praia, a areia reflecte cerca de 25% da radiação solar, mesmo que estejamos na sombra, debaixo do guarda-sol. Assim, tenha muito cuidado com os bebés a dormir debaixo do guarda-sol.

 

Pela sua saúde e da sua pele, siga estas dicas, espero que tenham sido verdadeiramente úteis, tenha um óptimo Verão e boas férias!

 

Até breve! Voltarei na rentrée,